Sertanejo

OSMANO E MANITO

Ribeirão Preto / SP

Músicas

A Alma do Menino da Porteira
OSMANO E MANITO
A Morte de Zé Arigó
OSMANO E MANITO
Abraço do Sertanejo
OSMANO E MANITO
Adeus Aurora
OSMANO E MANITO
Aliança Devolvida
OSMANO E MANITO
Alma Peregrina
OSMANO E MANITO
Alvará do Perdão
OSMANO E MANITO
Amar Não é Pecado
OSMANO E MANITO
Amor da Fronteira
OSMANO E MANITO
Amor da Minha Vida
OSMANO E MANITO
Amor Distante
OSMANO E MANITO
Amor dos Vinte Anos
OSMANO E MANITO
Amor Sem Dimensão
OSMANO E MANITO
Baile no Sertão
OSMANO E MANITO
Banquinho da Saudade
OSMANO E MANITO
Beija Flor Mineiro
OSMANO E MANITO
Berrante Apaixonado
OSMANO E MANITO
Boa Noite Minha Flor
OSMANO E MANITO
Boiadeiro de Goiás
OSMANO E MANITO
Boiadeiro Errante
OSMANO E MANITO
Caminho Incerto
OSMANO E MANITO
Caneta Singela
OSMANO E MANITO
Capricho Cigano
OSMANO E MANITO
Chuá Chuá Chuá
OSMANO E MANITO
Coração Amargurado
OSMANO E MANITO
Coração Não se Vende
OSMANO E MANITO
Coração Prisioneiro
OSMANO E MANITO
Coração Sem Vergonha
OSMANO E MANITO
Covardia
OSMANO E MANITO
De Goiás a Mato Grosso
OSMANO E MANITO
Desilusão
OSMANO E MANITO
Deus me Livre
OSMANO E MANITO
Dilema
OSMANO E MANITO
Dinheiro, Pra que Dinheiro
OSMANO E MANITO
Do Mundo Nada se Leva
OSMANO E MANITO
Duas Almas
OSMANO E MANITO
Duas Coisas
OSMANO E MANITO
Engano Dos Poetas
OSMANO E MANITO
Entre Nós Tudo Acabou
OSMANO E MANITO
Escondida
OSMANO E MANITO
Escuta Minha Canção
OSMANO E MANITO
Esta Noite Sonhei Contigo
OSMANO E MANITO
Eu Amo Meu Brasil
OSMANO E MANITO
Eu Te Amo, Tu Me Amas
OSMANO E MANITO
Faz Quatro Anos
OSMANO E MANITO
Festa de Agosto
OSMANO E MANITO
Festa Do Andrequice
OSMANO E MANITO
Filho de Deus
OSMANO E MANITO
Filho de Ponta-Porã
OSMANO E MANITO
Flor Goiana
OSMANO E MANITO
Flor Mineira
OSMANO E MANITO
Fofocas De Alguem
OSMANO E MANITO
Hino ao Meu Sertão
OSMANO E MANITO
Homenagem ao Carreiro
OSMANO E MANITO
Homenagem ao Carreteiro
OSMANO E MANITO
Homenagem as Mães
OSMANO E MANITO
Índia Carajá
OSMANO E MANITO
Índia Iracema
OSMANO E MANITO
Índia Morena
OSMANO E MANITO
Indiferença
OSMANO E MANITO
Laço de Fita
OSMANO E MANITO
Linda Demais
OSMANO E MANITO
Mamãe Iemanjá
OSMANO E MANITO
Marcas do Tempo
OSMANO E MANITO
Maria Criolinha
OSMANO E MANITO
Menina dos Meus Olhos
OSMANO E MANITO
Mensageiro Rival
OSMANO E MANITO
Mensagem aos Poetas
OSMANO E MANITO
Mesa Vinte e Seis
OSMANO E MANITO
Meu Amigo Microfone
OSMANO E MANITO
Meu Drama
OSMANO E MANITO
Meu Querido Amor
OSMANO E MANITO
Meu Rio Paraíba
OSMANO E MANITO
Meu Sertão é Saudade
OSMANO E MANITO
Meu Sonho Lindo
OSMANO E MANITO
Minha História
OSMANO E MANITO
Minha Mãe é Uma Santa
OSMANO E MANITO
Minha Paixão
OSMANO E MANITO
Miragem
OSMANO E MANITO
Morrendo de Amor
OSMANO E MANITO
Morreu o Dia
OSMANO E MANITO
Mourão da Porteira
OSMANO E MANITO
Não Abro Mão
OSMANO E MANITO
Não Interessa
OSMANO E MANITO
Não Te Esqueço
OSMANO E MANITO
Nossa Casa, Nosso Amor
OSMANO E MANITO
Nossas Canções
OSMANO E MANITO
Nosso Amor Não Morreu
OSMANO E MANITO
Nosso Apartamento
OSMANO E MANITO
Novo Caminho
OSMANO E MANITO
Nunca Mais Quero Amar
OSMANO E MANITO
Nunca Vou Te Esquecer
OSMANO E MANITO
O Abraço do Sertanejo
OSMANO E MANITO
O Artista
OSMANO E MANITO
O Bom Mineiro
OSMANO E MANITO
O Bote da Sucuri
OSMANO E MANITO
O Meu Amor Partiu
OSMANO E MANITO
O Pau Quebrou
OSMANO E MANITO
O Poeta
OSMANO E MANITO
O Tempo Levou
OSMANO E MANITO
O Tic-Tac do Relógio
OSMANO E MANITO
Os Três Boiadeiros
OSMANO E MANITO
Os Três Companheiros
OSMANO E MANITO
Ouça Minha Canção
OSMANO E MANITO
Pai João de Aruanda
OSMANO E MANITO
Papagaio Loiro
OSMANO E MANITO
Parabéns A Você
OSMANO E MANITO
Parada Dura
OSMANO E MANITO
Passa a Bandeira no Povo
OSMANO E MANITO
Pingo de Raça
OSMANO E MANITO
Preciso Do Teu Carinho
OSMANO E MANITO
Pretinha
OSMANO E MANITO
Princesa de Goiás
OSMANO E MANITO
Quarto Triste
OSMANO E MANITO
Que Seria do Mundo Sem Música
OSMANO E MANITO
Quebra-Quebra Gabiroba
OSMANO E MANITO
Quem Ama e Feliz
OSMANO E MANITO
Quem Ama Perdoa
OSMANO E MANITO
Quem Chora Sou Eu
OSMANO E MANITO
Quero Falar com Alguém
OSMANO E MANITO
Rainha do Sertão
OSMANO E MANITO
Rio Uru
OSMANO E MANITO
Roda Pião
OSMANO E MANITO
Roubando a Goiana
OSMANO E MANITO
Sereia de Água Doce
OSMANO E MANITO
Serenata de Amor
OSMANO E MANITO
Simples Cantador
OSMANO E MANITO
Sonho Desfeito
OSMANO E MANITO
Sou Boiadeiro
OSMANO E MANITO
Teu Aniversário
OSMANO E MANITO
Três Pedidos de Amor
OSMANO E MANITO
Três Vidas Perdidas
OSMANO E MANITO
Tua Ausência
OSMANO E MANITO
Último Adeus
OSMANO E MANITO
Uma Canção Para Você
OSMANO E MANITO
Vai Embora Saudade
OSMANO E MANITO
Vai Fica na Saudade
OSMANO E MANITO
Vaneirão em Barretos
OSMANO E MANITO
Vidas Desiguais
OSMANO E MANITO
Viola de Pinho
OSMANO E MANITO
Viva O Amor
OSMANO E MANITO
Volte Querida
OSMANO E MANITO

Ouça

Baixe o Flash Player para ver este player.

Coloque no seu site

Copie o código abaixo e cole no seu site.

Release

Osvando de Noronha (Osmano) e Olivar Noronha (Manito) são irmãos, filhos de Calixto Ferreira de Noronha e de D. Benevenuta Furtado da Silva. O pai é de Patos de Minas, nascido no Distrito de Areado, e a mãe de Carmo do Paranaíba, onde também nasceram Osmano e Manito na zona rural daquele município, sendo que o primeiro nasceu na Fazenda Serrinha e o segundo na Fazenda Gordura.
Ainda meninos, a família mudou-se para o município de Patrocínio, onde Osmano e Manito iniciaram suas atividades musicais, tendo se apresentado pela primeira vez na ZYW-8 Rádio Difusora de Patrocínio/MG.
Em 1962 os irmãos utilizando seus nomes de batismo, ou seja, Osvando e Olivar se inscreveram e participaram da "Roda de Violeiros" promovida pela ZYB-4- Rádio Clube de Patos, e a nível regional contou com nada menos que 78 conjuntos musicais considerando duplas e trios, realizadas duas etapas eliminatórias e uma finalissíma tendo a dupla sagrado-se campeã, cujo o evento ocorreu no dia 24 de maio de 1962 no auditório da Rádio Clube de Patos. O título de "Campeões do Alto Paranaíba", rendeu a dupla um contrato de seis meses com a emissora, para aos domingos se apresentar no programa "Roda de Violeiros".
Em janeiro de 1963 decidiram mudar-se para São Paulo, e através de Nenete e Dorinho, foram apresentados ao Nhô Zé, que inseriu a dupla no Programa "Alvorada Cabocla" da Rádio Nacional (atual Rádio Globo de São Paulo), onde permaneceram cantando no horário de 5:30 às 6:00 horas da manhã, sendo apresentados por Nhô Zé e Zé Russo.
Osmano e Manito gravaram 12 LPs, nas gravadoras Califórnia, Continental e Som Livre, nas décadas de 70 e 80 ocupou espaços entre as melhores duplas do Brasil da época, prova disso foram as inúmeras participações da dupla nos programas sertanejos de São Paulo, como Linha Sertaneja Classe A da Rádio Record apresentado por Zé Bétio e Zé Russo, participação do 5º Festival Record da Música Sertaneja promovido pela Rádio Record e realizado no Ginásio do Ibirapuera em São Paulo. Inúmeros foram os troféus e diplomas que conquistaram em diversos eventos artísticos.
O maior sucesso da dupla foi sem dúvida "Escuta Minha Canção" de autoria de Ubirajara Moreira, Osmano e Manito.
A dupla se desfez com o falecimento de Osmano ocorrido no dia 30 de outubro de 2011 em Patos de Minas/MG.
Manito após a morte do irmão se uniu a seu filho Guilherme, com quem formou a dupla "Manito e Manito Jr", e já gravaram dois discos e continuam levando a história da música sertaneja raiz por todo o Brasil.

Integrantes

Não há nenhum integrante cadastrado

Dados para Contato

Telefone: Não informado
Site: Não informado
Email: Não informado

Influências


Últimas Fotos

Não há nenhuma foto cadastrada

Shows e Eventos

Não há nenhum evento programado


Últimos Comentários

6/1/2017 11:28:29 - eduardorosa da silva noronha
telefone da dupla osmano e manito 3438211759 patos de minas mg


Garagem MP3 © 2006-2017 • Política de Privacidade
HomeCifrasCadastre sua BandaContato